Pesquisa personalizada

Livro "Detrás da Sombra" Em Ebook

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

.Esperança

A última folha cai,
E cai o dia sobre a mata.
A aurora incendeia o céu,
Sob o qual a terra reluz.

A última lágrima cai,
E cai a paz sobre o manso.
O olhar se perde na distância,
Na qual o horizonte se produz.

A última pedra cai,
E cai a muralha da vergonha.
O passo se apressa no espaço,
Onde o tempo urge, mas conduz.


A última noite cai,
E cai o luar sobre a face.
O caminho então torna-se claro;
O amanhecer novamente seduz.

(Poema contido na obra Detrás da Sombra)

2 comentários:

Vieira Calado disse...

Interessante esta maneira poliglota de abordar a poesia.

Um abraço

Luiz Caio disse...

Olá Joe! Como vai?
Poesia inteligente, e bela... Gostei!

OBRIGADO POR SUA VISITA AO DENTRO DA MINHA CABEÇA, E PELO GENTIL COMENTÁRIO! VOLTE SEMPRE QUE DESEJAR!

TENHA UM ÓTIMO DIA!