Pesquisa personalizada

Livro "Detrás da Sombra" Em Ebook

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

.Divagação

Cavalgadas galopantes,
Num ritmo arrastado.
Calores errantes
No Inverno que nos define.
Contradições do ser
Cuja inconstância é regime.

Olhares obtusos,
Na esfera quadrada da noite.
Silêncios difusos,
Na essência gritante do medo.
Manifestações do ser,
Evasões do seu segredo.

Corpos trementes,
Mãos erguidas em apelo.
Passos prementes,
Cabeça baixa em oração.
Hipocrisias do ser;
Humanidade apenas em aflição.
Manifestação da sua contradição,
Visão da mera ilusão.

A perfeição é irreal.

(Poema contido na obra Detrás da Sombra)

6 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Joe, a poesia não tem que ser sempre divagação... Mas pode acontecer, quando escrevemos simplesmente o que nos vai na Alma!... Bom Domingo!... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Gerlane disse...

Caro Joe, um poema intimista, questionador e realista, assim como a complexidade que existe no ser humano.

Gostei!

Beijos te deixo!

poetaeusou . . . disse...

*
esotérico . . .
,
saudações,
,
*

Vieira Calado disse...

A minha saudação a tão jovem poeta!
Um abraço

Rita disse...

sim , gosto .

Carla disse...

divagar num mar de interrogações
beijos